Carta para uma versão melhor de mim

Querida “eu do futuro”, não sei especificamente como te chamar, já que somos uma só pessoa. Venho te dar alguns conselhos, mesmo sabendo que você vai utilizar para resolver os problemas dos outros, afinal você tende a ajudar os outros e esquecer de si.

Então, vamos lá. Primeiramente quero te dizer para não se prender a muita coisa. Voe alto, sonhe mesmo. Se cair, vamos saber recomeçar. Não perca a oportunidade de ser feliz por medo de desagradar alguém. Você não é a Meredith, mas você é o sol. E esses amores que vem e vão são apenas estrelas menores.

Valorize-se, porque você é boa demais pra muita gente. Acredite na sua capacidade, na sua genialidade e voe alto. Pare de se menosprezar. Seu corpo, cada pedacinho, faz parte de quem você é, de quem você foi. Tenha mais fé em Deus, pare de viver na teoria e comece a colocar em prática tudo o que aprendeu. Nosso Pai tem planos grandiosos, mas não pode fazer nada se você continua com medo do escuro.

Permita-se. Espero que no futuro você tatue essa palavra e viva intensamente o significado dela. Você não deve nada a ninguém e se está onde está, foi porque batalhou muito pra chegar. Entenda os seus próprios conceitos, aceite suas manias estranhas, suas frescuras, pois são suas, e ninguém tem nada a ver com isso.

Sobre o amor, no final tudo vai dar certo. Você vai sim encontrar alguém que se encaixe nessa correria que você chama de vida. Não precisa ficar olhando em cada esquina, o amor vai chegar no tempo certo (sim, é bem clichê, mas eu, melhor do que ninguém, sei que você ama esses clichês da vida). Olhe para o céu, sinta o vento bater, repare nas pequenas coisas que te fazem sorrir.

Mude. Hoje, amanhã e sempre. Eu não sabia lidar com a mudança, acreditava que a minha rotina era sagrada, que os meus amigos não tinham direito de quebrar nossos rituais, mas acredite eu mudei e gostei de mudar. Mude o cabelo, a maquiagem, a cor do esmalte, permita-se fazer um desenho idiota na unha decorada mesmo que você tire depois. Aproveite suas vontades momentâneas, não se prenda, ou se cobre muito, seja leve, seja flor. 

De: sua melhor amiga.

Comentários no Facebook