Desde quando te esqueci

Dê o play enquanto lê: Six Degrees Of Separation - The Script

Não lembro direito quando foi que realmente entendi que a nossa história nunca iria para frente. Não lembro se foi numa madrugada regada de insônia e xícaras de café espalhadas pelo quarto, ou se foi entre um gole e outro de tequila. Talvez tenha sido uma previsão, mas quando eu te olhei nos olhos pela última vez eu já sabia que algo tinha mudado entre nós.  Posso ter demorado um pouco para assumir isso para mim mesma, até porque eu jurava de pés juntos que você era o amor da minha vida.

Aceitar que você não era o meu amor foi, provavelmente, umas das coisas mais difíceis que eu tinha feito até então. Mas só hoje eu percebo que você foi a melhor coisa que eu nunca tive. Desde quando te esqueci, a minha vida começou a acontecer de verdade. Novas portas e janelas se abriram, engoli todo esse amor que guardei para nosso quase futuro e fiz dele só meu. Precisava aprender a me amar mais do que já amei alguém, porque independente de todas as voltas que a vida dá, no final sempre termina em mim.

Eu sorrio sem medo. Pinto meu cabelo da cor que tenho vontade, corto curtinho e desfio a franja. Passo batom vermelho e uso salto alto. Faço o que dá na telha. Saio cedo de casa e volto quando o calo lateja. Saio para curtir a vida sem destino traçado. Converso com minhas amigas até de madrugada no WhatsApp, sem medo de que você vá me ver online. Meus amigos vem aqui em casa e não tem ninguém para reclamar, nós assistimos séries e arriscamos uma receita na cozinha.

Aprendi a aceitar meus defeitos, minhas celulites e cada tracinho de estria que tenho nas pernas. Não tenho mais medo de alguém vê-las quando uso shorts. Parei de esconder as sardas do rosto que você nunca gostou. Descobri que amo cada pintinha que tenho (e olha que são muitas!). Dediquei mais tempo aos meus estudos e estou indo atrás de todos os meus sonhos. Aqueles mesmos que você dizia que alguns só foram feitos para ficar na memória. Mas hoje sei que posso fazê-los acontecer! Só depende de mim.

É, eu segui em frente. Superei nós dois. Eu precisava crescer, me amar e aprender a colocar as coisas no lugar sozinha.  Felizmente você não era o amor da minha vida.

 

Conheça nosso Instagram @1quartodecafe

Comentários no Facebook