De eu para mim mesmo

É hora de rever as mais insanas peculiaridades do meu passado.

Não fique nervoso antes de começar a ler esta carta, sei bem como você tem medo do que eu possa ter escrito aqui. Não escrevi nada que pudesse danificar a sua integridade. Sei que você, mesmo dizendo que não, tem uma conservação enorme dela, por parte. Escrevo, não para exibir que tenho curiosidade de saber como as coisas vão por aí no futuro, por mais que eu esteja extremamente curioso para saber determinadas coisas. Estou aqui, a beira do computador que você comprou, em 2015, digitando todas as coisas que para mim são importantes que você nunca esqueça.

Por aqui, no passado, principalmente no dia que estou escrevendo, passo por um banque. Espero que daí você consiga se lembrar que banque é esse, porque não gosto de comentar sobre. De forma alguma, gosto de ficar compartilhando coisas, situações e ações negativas que acontecem na minha vida. Desde sempre você nunca gostei de preservar a negatividade mais de neutralizá-la. Estou quase terminando o 2º período da faculdade. Seus colegas têm até a mania de lhe declarar um CDF, mas na realidade não é bem assim, você sabe disso. Estou, a cada dia que se passa, me apaixonando cada vez mais pelos colegas que faço. Sim, eu sei que você tem uma facilidade muito fácil de se apegar e amar as pessoas a sua volta. Isso não é um problema, você só não pode se tornar dependente do amor deles para algo.

Talvez você nem se lembre, mas no mês passado, em novembro, eu viajei para a Bahia acompanhado do instituto e foi extremamente incrível. Isso serviu de grande aprendizado para a gente. Antes mesmo de irmos, você ficava criticando a viagem, que seria ruim e que não conheceria ninguém que lhe agradasse lá. Por parte, banques aconteceram, mas você aproveitou a viagem como podia. Se aproximou de pessoas incríveis e reservou lugares para elas aí dentro desse teu coração mole manteiga.

Ainda não aprendi a lidar com a ansiedade como deveria. Esta semana, tenho uma consulta com o psiquiatra e espero, de verdade, que essa sessão possa ser melhor que as outras. Só nós sabemos como tem sido lidar com ela. É uma falta de ar que não se deseja a ninguém, nem a seu pior inimigo. O que você mais quer é se livrar da ansiedade e espero que ao ler está carta, já tenha se curado/livrado.

Venho compartilhando sempre boas experiências, vibrações e pensamentos com as pessoas e a cada dia que se passa só posso tirar conclusões precisas de que você quer, por onde passar, levar o amor que nunca recebeu. Digo que nunca recebeu até agora, porque não sei como você está no momento. Conheceu pessoas, algumas são até figuras públicas, que puderam lhe mostrar o quanto a vida pode ser bela apenas sendo grato” por tudo. No ano de 2017, você pode ter uma concepção totalmente diferente sobre as pessoas a sua volta, e acredite, isto é ótimo para o seu crescimento pessoal. Não sei nem se você ainda usa o instagram, mas eu, aqui, amo quando compartilho algo legal e esse conteúdo alcança as pessoas de forma surpreendente.

Você tem medos como todas as pessoas. Fica aos cantos, as vezes sozinho, no quarto, com a porta fechada, pensando sobre seu futuro e cá está você, lendo está carta e, reafirmando o que mudou, e o que continua da mesma maneira. Eu tenho que perguntar: Como vai o canal? Você gosta tanto de gravar vídeos e de transmitir a mensagem que até ‘eu do passado’ mesmo fico me perguntando porque ainda não focalizou nesse seu ponto forte. É tanta vergonha acumulada aí dentro de você, é medo demais de como as pessoas vão ou não reagir ao que você fala na internet. Você não quer ficar sozinho e eu estou aqui para lhe esperançar de que isso não vai acontecer.

Lembra naquele quarto – seu quarto – quando você, quase em lágrimas, pensando em seus amigos te deixando, perguntou aos horizontes: O que será de mim agora, depois do ensino médio? Todos estão indo embora da minha vida. Cada um seguindo um rumo diferente. , e nesse momento Ele veio e te acolheu como o verdadeiro filho que tu és. Por que ficar pensando nisso, você tem se aproximado d’Ele cada vez mais, ao decorrer dos dias, e tem visto o quanto Seu amor é tremendamente grande.

Ele vem reservando um amor para você, não tenha pressa. Você aprendeu que tudo vai acontecer no tempo d’Ele, então por que o medo besta?

Você ainda gosta do seu nome sem o ‘h’ incumbido? Pois é, essa é mais uma peculiaridade daqui, do passado. Talvez aí, no futuro, você tenha se acostumado a escrever seu nome da maneira que seus pais o registraram. E seus pais, o que falar sobre eles. Eles foram ótimos para você esse tempo todo. Principalmente a sua mãe, ela, por mais que em alguns momentos deixava escapar as coisas, continuava sempre lhe apoiando e cumprindo fielmente seu papel de protetora. Em alguns momentos, foram rudes, mas estavam apenas fazendo seus papéis de pais, algo que nem todos fazem hoje em dia. A proposito como vai à relação de reprodução familiar aí no futuro? Sou extremamente curioso para saber sobre isso.

São muitas coisas para falar. Despejei algumas aqui e espero que possam lhe ajudar a lembrar da pessoa ‘maravilhosa’ que você é. Não deixe, em hipótese alguma, que a opinião das pessoas o determine. Você é você independente da opinião delas. Que a proposito são bastante negativas. Esquece elas e vai lembrar das pessoas maravilhosas e dos escritores incríveis que você conheceu esse ano, 2017, todas as coisas que seu amor pela escrita vêm lhe proporcionando. Seja grato, aprendemos isso juntos, e só estamos aqui para ensinar as pessoas a serem assim.

Não focalize nas pessoas que pensam coisas ruins sobre você, tem tantas que o amam como você é, e uma delas é Ele.”.

Comentários no Facebook