É, eu tava aqui pensando e realmente eu não sou a menina dos seus sonhos ou dos filmes que você adoraria que virassem realidade. Eu bem queria, sabe? Mas de fato, não sou. Eu sou meio estranha, meio confusa, meio à meio sempre. Não sei se te contei, mas eu como misto quente pelas beiradas, converso durante o filme, acredito em sereias, tenho muitos arquivos inúteis no computador que eu nunca consigo apagar, sou viciada em um queijo minas específico e não saio da casa de ninguém se não abrirem a porta para mim. Afinal, eu sempre quero voltar. Eu sempre quero reviver as coisas e me lembrar das fotos com todos os detalhes.

Eu não vim de um roteiro de comédia romântica.

Eu como hambúrguer triplo, escrevo coisas esquisitas no bloco de notas do meu celular, invento rimas e músicas na minha mente o tempo INTEIRINHO, inclusive quando estou com você e tenho a péssima mania de esbarrar em tudo que eu vejo pela frente.

Eu sonho todos os dias. Eu planejo um futuro novo a cada cinco minutos, eu acredito que meu coração é tão grande que pode explodir a qualquer momento, acho que minha vida é um livro que está sendo escrito por alguém e eu sou uma mera personagem, sou apaixonada por coisas que brilham e tenho uma coleção de copos com as princesas enfeitadas.

Eu choro em filme de terror e morro de rir em filme de drama, não saio de casa sem um dólar na carteira e se meu chinelo estiver virado, eu juro que piro. Eu não tenho lá muita sorte, mas acredito que tudo na minha vida acontece na hora certa. Que bênção, você não acha? Eu não sei andar de bicicleta, escrevo livros que talvez ninguém nunca vá ler e mesmo assim, fui feita para mim.

Definitivamente eu não fui feita para você, mas não que eu não quisesse. Eu queria, ô queria e muito. Mas eu não sei te completar, porque eu transbordo. Eu fui feita para não caber nem dentro de mim. Portanto, eu fui projetada para ser eu, para ser para mim, para ser alguém que dorme com uma meia só e uma luz acesa. Fui feita para não sair do jeito que você imaginou, mas talvez, só talvez, ser um pouquinho mais do que isso. Talvez eu não tenha que ser para você, mas seja mesmo que imperfeitamente.

Facebook Comments
(Visited 199 times, 1 visits today)