É um bocado estranho, mas ela gosta pra valer de se apaixonar, apesar de não se apaixonar com tanta frequência como gostaria. Já perguntaram se entre o amor e a paixão ela ainda sim escolheria a paixão, e por incrível que pareça a resposta foi: sim. E não, não a julgue por isso, é apenas um efeito por eu nunca ter amado alguém dessa forma tão intensa que todos falam.

Com o passar do tempo foi ficando traumatizada com o amor ao ver seus pais se divorciando, seus amigos em pé de guerra nos seus relacionamentos e pelo desapontamento que teve quando ela própria “amou”. É que, mesmo que inconscientemente, esperamos o tal do “felizes para sempre” quando amamos alguém e quando você apenas se apaixona já tem plena consciência que vai passar rapidinho.

O que ela gosta na paixão é o mistério que causa enquanto estamos nos aprontando para o encontro. É o frio na barriga que te deixa tão nervosa que te faz correr para o banheiro por conta da ansiedade. Da vontade que ambos têm na sedução do parceiro. Do sorriso mais tolo do mundo que surge no metrô quando se lembra daquela pessoa e também daquela risada tímida e tonta por algo tão sem graça.

Esse sentimento fica estampado na testa com luzes e setas piscando, como naquelas placas que tem em Las Vegas; “pessoa apaixonada”. As conversas são infinitas, até uma formiga carregando uma folha pra seu ninho vira motivo para passar a madrugada conversando. E inclusive as pessoas ficam mais dispostas e mais divertidas.

É desse sentimento que surge quando você se olha no espelho e começa a pensar em como vai ser o encontro de vocês: se você chega dando oi ou beijo na bochecha, se ele vai preferir seu perfume doce ou aquele mais amadeirado, e maquiagem? Será que um batom cor vinho vai ficar muito chamativo? Não, não que você esteja se arrumando só para ele, afinal você jamais sairia com uma saia verde limão e com uma blusa laranja fluorescente, parecendo uma cenoura só porque ele acha bonito. Mas você quer ir de uma forma que agrade ambos.

E mesmo que o encontro seja ir ao mercado para comprar o que a mãe dele pediu: você quer ir bonita, seja qual for o jeito que você se sinta mais elegante, você fica nervosa e fica pensando no fiasco que seria se você tropeçasse no tênis dele e derrubasse a prateleira inteira de shampoos.

É um sentimento muito intenso, é sentimento a flor da pele, porque você sabe que tem tempo certo para encerrar. E ela gosta disso. Gosta de saber todos os spoilers, de saber do início ao fim o que vai acontecer no capítulo para já estar totalmente preparada. E isso não é errado, isso é apenas uma consequência do receio que ela tem do amor. Portanto, deixe-a se apaixonar porque logo passa, tudo passa e quem sabe o medo de amar que ela tem também passe logo.

Facebook Comments